Acabaram com meu sonho!

21 fevereiro 2011
Ontem à noite foi horrível pra mim, tive uma crise de dor no estômago novamente, tomei remédio e aguentei até que deu! Tentei ligar para a minha GO e não consegui, fui para o hospital,  mediram minha pressão '15.8' nunca esteve tão alta, o único plantonista era um clínico que não quis me atender por se tratar de uma gestante. Depois de mil tentativas de ligação para a minha GO, desistiram e ligaram para outros médicos que atendem pelo meu convênio, mas por eu não ser paciente, só viriam me atender se eu pagasse 250 reais particular (enquanto esses 30 minutos passavam, ou mais, eu estava la, morrendo de dor,  sem posição pra ficar, e esperaaaaaaaaando!) Quando vieram me dar a notícia que não conseguiram entrar em contato com minha médica e que outros médicos só atenderiam se eu pagasse, minha dor se transformou em raiva, ódio e mágoa! Beleza, a dor passou, queria sumir daquela MERDA de hospital mas não me deixaram (HAHAHAHAHAHA) **se eu ainda estivesse sentindo a dor que eu estava em casa, eu teria quebrado tudo, iriam me ouvir gritar muito e a bestemar tudo que dava, 'avisei isso pra eles' (mas sorte que o remédio que eu tomei em casa tinha começado a fazer efeito)** Enfim que esperei tanto que a dor passou, e esperei muito mais até um táxi chegar para me levar para o hospital da cidade vizinha (aquele que eu sempre comento que tem todos os tipos de plantonista e tal), saí de casa para o hospital 12:15, e cheguei as 04:00 da matina, e o bem tinha que trabalhar as 07:00! Nesse tempo que esperamos (eu e o bem) o médico plantonista e as enfermeiras que ali entavam comendo mosca com nós, começaram a detonar minha GO, eu já tava decepcionada com ela fazia um tempo, até comentei aqui que ela não tava superando minhas expectativas; me olha com cara de deboche, me chamou de mimada; nada ética ao meu ver! E vária outras pessoas já tinham chegado pra mim e dito: "tu acha ela uma boa médica?" sempre assim.. (mas como ela sempre foi minha ginecologista, uma vez por ano, a +/- uns 6 anos nunca tive problema, mas como obstetra... pelamorné).
Cheguei no hospital e ainda tive que esperar, dei entrada nos papéis do encaminhamento e fui para o andar da maternidade, não deixaram o bem entrar, uma enfermeira FDP ficou me tirando pra loca, baita burra, até me pediu se eram gêmeos ¬¬, isso pq ela viu uma fotinho que eu tenho do Otávio em 3D dentro da carteirinha de gestante e jurou que viu 2! Nossa, e ela nem era vesga! Devia ser o sono, altas horas da noite ne. Fora outras coisas que eu tive que ouvir da "sabichona"! (essa criatura me falou que a minha GO esta de férias, grande médica que não avisa ninguém, e que não coloca alguém substituto!!!)
Ela saiu da sala e disse que a GO plantonista já viria, esperei uma meia hora olhando o espelho e nada, saí com aquela camisolinha mostrando a bunda pelo corredor deserto, e avisei o 'bem' através de um vidro que eu estava 'esperando' (grande novidade da noite)!
A médica chegou, me examinou, falou que meu colo estava fechado, batimentos certos, minha pressão normal novamente, e disse: 'bom, se você não está mais com dor, não vou te dar medicação' mas ambas concordamos que talvez eu esteja com pedra na vesícula, coisa que vou ter que ver somente depois que o Tavinho nascer...!
Saí do bloco, achei o bem e comecei a chorar, afinal, nunca fui tão mal atendida na minha vida! E se eu estivesse parindo? Certamente aconteceria como essa mulher.

Bom minha gente querida, leitores ou não, o que vou fazer da minha vida e da vida desse pequenino que carrego no meu ventre?
Pensei até em por uma nota no jornal contando a negligência dos médicos aqui de Carlos Barbosa, afinal de contas, não quiseram me atender no hospital, e minha GO não atendeu o celular (que poderia lhe render um bom processo caso acontecesse algo de errado).
A GO plantonista que me examinou ontem, me deu o número do celular de uma colega GO muito bem falada nessa cidade vizinha, é mais velha, é mãe e tem até uma clínica de fertilização. 

Seguinte, eu sinceramente fiquei muito desiludida com tudo o que aconteceu, pensei de verdade que se fosse a hora do Otávio nascer, teria sido desesperadora essa situação para mim e minha família, descartei totalmente o PN, então, conversando com o meu pai no meio desse post, decidi que vou ligar para essa nova GO, Dra. Ângela, e ver se ela aceita me "pegar" mesmo na finaleira da gestação, ligo na 'antiga' GO, desmarco a consulta do dia 24 e a cesárea do dia 1°, e seja o que Deus e a doutora Ângela quiser!

bjs, e sorte pra todas essas futuras e já mães!

2 comentários:

disse...

Com certeza você deva mudar de G.O!Isso é inaceitável e simplesmente desumano da parte dela.

O hospital que atendeu não tinha 1 ginecologista?Que horror!

Nem sei como você deve estar agora, mas saiba que as coisas se ajeitam viu?Eu mudei de GO com 5 meses e foi a meeeelhooorrr coisa que eu fiz, sou simplesmente apaixonada pela Dra que me acompanhou e realizou meu parto.

Outra coisa, te chamar de mimada e etc...Que q é isso?Eu tinha mandado ela caçar coquinho no sol quente rs.

Cada dia que passa me decepciono mais com os profissionais da área da saúde, principalmente os médicos.

Beijos enormes.

projetodemae disse...

Mesmo indo pro fim da gravidez acho que tu deve trocar de médico sim. É fundamental a gente se sentir seguro com o profissional que escolhemos. Boa sorte!

Postar um comentário

volte sempre!!! :)